Viagem & Gastronomia

Dicas do HT: cinco aventuras luxuosas pelo Canadá e Alasca que não vão deixar você cair em uma fria

Entre os passeios sugeridos pela Interpoint estão: caminhada pelo famoso Lake Louise, uma visitar ao parque nacional de Jasper, hospedagem no inusitado Clayoquot Wilderness Resort, uma visita à áres remotas do Vale do Rio Sapsski e um passeio de barco através dos canais do Glacier Bay National Park

Publicado em 5 de julho de 2016 | Por Leonardo Rocha

As férias do meio do ano já estão pintando por aí e você ainda não escolheu o seu destino preferido para curtir os dias de folga? Então, cola aqui no HT que a gente vai te dar uma dica de viagem para o Canadá e Alasca que, além de fugir de pontos turísticos óbvios, ainda vão render boas histórias de aventura e emoção em um tour que, apesar de gelado, não será uma fria. Vem!

Com dicas imperdíveis da Interpoint, destacamos cinco experiências indescritíveis por esses países, com passeios em torno de paisagens deslumbrantes como cadeias de montanhas, geleiras, rios selvagens, parques nacionais, cachoeiras e lagos. Para começar, vamos falar sobre o Lake Louise, que integra o quadro de Patrimônio Mundial da Unesco: essa maravilha da natureza está localizada dentro do Parque Nacional de Banigg, no Canadá, e fica ao lado de um dos mais belos lagos da região. O Lago Louise, que tem cor turquesa, é margeado por pinheiros, tem como moldura um vale profundo de montanhas e uma enorme geleira ao fundo. Não bastasse essa bela atração, há ainda as mais de 100 pistas de esqui de alto nível, premiadas por vários anos por críticos especializados. Além do visual de tirar o fôlego, ainda é possível aproveitar a passagem pelo local para se arriscar em manobras radicias.

Lake Louise (Foto: Divulgação)

Lake Louise (Foto: Divulgação)

No inverno, atividades para ocupar o tempo e se divertir não faltam. Você pode escolher entre tours por cavernas, caminhadas no gelo, passeios românticos, visitas a cânions ou a lugares mais altos de onde se tem uma ótima vista panorâmica. Tudo acompanhado por guias especializados. E a poucos quilômetros dali, existem ótimas pistas de esqui nas montanhas rochosas. Já no verão, quando o gelo derrete, dá tempo de aproveitar o verde, as florestas e, claro, o lago. Nos dias ensolarados, uma boa dica é conhecer os arredores e observar plantas e animais que costumam aparecer nos dias mais quentinhos. Caminhadas e escaladas também são programas interessantes, assim como a prática de canoagem, rafting e passeios a cavalo. Na região são oferecidos ainda passeios de helicóptero. Com uma vista dessas, não tem como resistir.

Rock Mountaineer (Foto: Divulgação)

Rock Mountaineer (Foto: Divulgação)

Outra opção no país é visitar o parque nacional de Jasper através da espetacular Icefield Parkway, uma estrada que corta as montanhas rochosas canadenses de nordeste a sudeste, a bordo do trem Rocky Mountaineer. Aventura não falta! A pequena cidade está localizada no maior parque nacional do Canadá. Lá, você encontra um mundo de gigantescos picos cobertos de neve, estrondosas cachoeiras, lagos cor de esmeralda e vida selvagem admirável. Para aproveitar melhor o espaço, pegue o caminho mais fácil até o topo da montanha no mais longo teleférico do Canadá ou caminhe até o cume para testar sua determinação.

Passeie pelo caminho de verão pela ponte de um cânion para observar um vigoroso rio que estará abaixo de você. Depois, retorne pelo caminho de inverno para passar pelo mesmo rio, só que congelado sob uma camada de neve. Uma boa dica é aproveitar a viagem para  aprender a esquiar ou a andar de snowboard em uma espetacular estação de montanha. A bordo de um helicóptero, fica fácil de descobrir lagos escondidos, geleiras salientes e fitas de cachoeiras. A beleza natural de Jasper fez dela um dos cinco patrimônios mundiais da Unesco de Alberta.

Resot Clayoquot (Foto: Divulgação)

Resot Clayoquot (Foto: Divulgação)

Para quem gosta de contato direto com a natureza, uma dica inusitada é o resort Clayoquot, que oferece atividades diárias altamente personalizadas para cada hóspede, de acordo com o desejo e o nível de experiência individual. As atividades selecionadas pelo local ficam por conta de passeios em praias isoladas e desertas para aprender a surfar – no verão, claro -, fazer uma caminhada de um dia inteiro até as trilhas “Wild Side” e a Ilha das Flores. Descer as rápidas corredeiras de um rio de montanha em um caiaque ou fazer um simples passeio tranquilo em um caiaque marítimo, explorando enseadas escondidas, também são opções imperdíveis. Equitação e passeios a cavalo são a especialidade do resort e a observação da natureza selvagem também faz parte da vida diária, de ursos negros e baleias a apenas contemplar os excepcionais arredores do acampamento. Apesar de frio, o país também oferece momentos de paz e lazer.

Alasca (Foto: Divulgação)

Alasca (Foto: Divulgação)

Já no Alasca, visitar as remotas áreas do Vale do Rio Sapsski, que no pacote da Interpoint começam pelo Glacier Bay Bear Track Inn, em acomodações simples – assim como todos os lodges da região – atividades incríveis e agradáveis refeições durante três noites. As remotas áreas do Vale do Rio Sapsski, em busca de ursos marrons (essa área oferece oportunidades excepcionais para observação de ursos durante a corrida dos salmões) se tornam opções bem interessantes. No Bartlett Cove em um passeio de barco através dos canais do Glacier Bay National Park, onde será possível observar gigantescas torres de gelo se desprenderem das geleiras e despencarem na água.

Cenas e lugares realçados pela natureza, pela vida marinha, ursos, alces, cabritos montanheses e todo tipo de aves marinhas, além de três espécies de baleias; as corcundas, as orcas e as jubartes, focas e leões marinhos. Uma viagem, que além de relaxante, proporciona momentos únicos para quem está em busca de grandes aventuras.

 

Pesquisas relacionadas