Cinema & TV

Débora Falabella interpreta uma atriz de radionovela em “Nada Será Como Antes” e revela que é uma situação muito densa: “Meus próprios conflitos profissionais”

Embora não se considere uma usuária assídua das redes socais, a atriz afirmou que a plataforma é uma importante ferramenta para a livre expressão em tempos de crises. " Precisamos nos manifestar com moderação mas sem deixar de dizermos o que pensamos"

Publicado em 10 de outubro de 2016 | Por Julia Pimentel

Uma atriz interpretando uma personagem com a sua profissão na televisão em uma minissérie que é ambientada justamente no momento em que este veículo surgiu. Esta é a nova missão de Débora Falabella em “Nada Será Como Antes”, a minissérie da Globo. Na trama de Guel Arraes e Jorge Furtado, Débora vive Verônica, uma jovem que sai do interior com o cargo de apresentadora de rádio e vai para a capital como atriz de radionovela e, posteriormente, de televisão. Embora seja uma narrativa riquíssima e recheadas de dramas pessoais, Débora Falabella nos confessou que o enredo de “Nada Será Como Antes” não foi uma tarefa muito fácil. “Fazer o papel de uma atriz para uma atriz é muito denso. É uma personagem em que eu tenho conhecimento da profissão, mas, ao mesmo tempo, tenho um pouco de receio por estar tocando em um assunto muito íntimo. Em ‘Nada Será Como Antes’, interpretar uma atriz é ter a chance de viver outras personagens dentro de um mesmo trabalho e, com isso, entrar na intimidade dos meus próprios conflitos profissionais”, argumentou.

Débora Flabella interpretará uma atriz de radionovela em "Nada Será Como Antes" (Foto: Reprodução)

Débora Flabella interpretará uma atriz de radionovela em “Nada Será Como Antes” (Foto: Reprodução)

Porém, apesar da responsabilidade e da dificuldade ressaltadas por Débora, a atriz também está se sentindo em casa. Além de contar sobre o surgimento do veículo em que trabalha há mais de dez anos, Débora Falabella ainda contracena com Murilo Benício, seu namorado fora das telinhas. Na minissérie, o companheiro de Débora dentro e fora da ficção é Saulo, um visionário que deixa de ser vendedor de aparelho de rádio para ser o responsável pela criação da TV Guanabara, a pioneira do país. “Trabalhar com o meu parceiro de vida é um prazer e um deleite enorme, porque a gente tem a mesma paixão pela nossa profissão. Eu já gostava de contracenar com ele, inclusive foi assim que nos conhecemos. Ao mesmo tempo, estou tendo a oportunidade de falar do início desse veículo, que é a televisão, onde eu já trabalho há 15 anos e que faz parte da minha história, já que meu pai foi um dos personagens reais desse passado. Este trabalho foi uma alegria e uma surpresa”, contou Débora que se declarou apaixonada por rádio. “Eu adoraria fazer um programa radiofônico. Para mim, este veículo é uma resistência nos dias de hoje. Eu adoro ir a programas de rádio e ouvir também. É admirável quem ainda consegue manter uma emissora funcionando no país”, afirmou a atriz que acha que todos os meios de comunicação se completam.

Débora e Murilo Benício em "Nada Será Como Antes" (Foto: Reprodução)

Débora e Murilo Benício em “Nada Será Como Antes” (Foto: Reprodução)

De fato, “Nada Será Como Antes” retrata um marco na história da comunicação brasileira. Se já não bastassem as diversas tramas individuais, a passagem do rádio para a televisão ainda funciona como mais um personagem da ficção. Na sociedade contemporânea, também há uma passagem em função do avanço da tecnologia. Atualmente, a personagem da vez é a internet. Sobre a nova plataforma e o momento de transição pelo qual passamos diariamente nesta era digital, Débora Falabella se declarou adepta mas não muito ativa. “Eu tenho Instagram e gosto de usar, mas não sou tão viciada. A internet veio quando eu era adolescente e só comecei a usar quando já era adulta. Então, eu acho que para a gente é mais complicado ser tão ativo quanto os mais novos. Mas eu gosto e é a forma que eu uso para me informar. Eu acho que hoje em dia a gente precisa utilizar esta plataforma como uma aliada, já que ela proporciona muitas possibilidades interessantes. Esse é o veículo do presente e do futuro, não tem mais como ela ir embora. Na minha opinião, a tecnologia só vai avançar e precisamos estar acompanhando essas novidades”, pontuou.

Débora Falabella (Foto: Reprodução)

Débora Falabella (Foto: Reprodução)

Entre as possibilidades interessantes proporcionadas pela internet que Débora destacou estão as redes sociais. Nestas plataformas, além da atriz poder manter um contato mais próximo com o seu público, ela ainda tem a chance de se manifestar com as próprias palavras sobre diversos assuntos. E, em tempos de crise política e social, isso representa uma ferramenta muito importante. “De um modo geral, as pessoas estão muito inflamadas neste momento. E, com isso, elas acabam perdendo um pouco do respeito e da delicadeza na hora de tratar de assuntos e respeitar as diferentes opiniões. Precisamos nos manifestar com moderação, mas sem deixar de dizermos o que pensamos”, ressaltou a atriz Débora Falabella.

Pesquisas relacionadas