Teatro & Pensata

Regiane Alves, que produz a peça “Para Tão Longo Amor”, defende a lei Rouanet: “Se eu recebo dinheiro de empresa, tenho que justificar até o grampo que compro”

Em cartaz em São Paulo, Regiane nos adiantou que no final do mês que vem fará uma breve temporada no Teatro Sesc Ginástico, no centro do Rio. “A peça é um questionamento de porque a gente fica vivendo tanto tempo esse sentimento”

Publicado em 8 de agosto de 2016 | Por Julia Pimentel

Contar a história de amor de um editor e uma poetisa nos palcos. Esse é o atual trabalho de Regiane Alves para o teatro. Em cartaz com a peça “Para Tão Longo Amor”, no Morumbi Shopping, em São Paulo, a atriz tem a parceria de Leopoldo Pacheco em cena para interpretar o texto de Maria Adelaide Amaral. “A gente fala sobre o amor desse casal, que é um sentimento que destrói, mas que, mesmo assim, eles continuam vivendo. Esse sentimento que contamos no espetáculo é aquele que, ao invés de nos elevar, acaba com a gente. A peça é um questionamento dos motivos que levam a gente a ficar vivendo tanto tempo esse amor”, contou a atriz que, recentemente, foi indicado ao Prêmio Shell de Melhor Atriz por essa interpretação.

Regiane Alves recebeu indicação ao Prêmio Shell de Melhor Atriz com a atuação em "Para Tão Longo Amor" (Foto: Reprodução)

Regiane Alves recebeu indicação ao Prêmio Shell de Melhor Atriz com a atuação em “Para Tão Longo Amor” (Foto: Reprodução)

Mas brilhar nos palcos já não era o bastante para a querida Regiane Alves. Além do seu trabalho como atriz na peça “Para Tão Longo Amor”, ela ainda assume o papel de produtora da montagem. “Era um projeto meu desde 2012. Eu fui autorizada a captar pela lei (Rouanet), não consegui patrocínio e tive dois filhos no meio disso. Depois de quatro anos, resolvi produzir também e, agora, estamos em cartaz”, relembrou a atriz, antes de adiantar, que, em agosto, irá apresentar o espetáculo no Teatro Sesc Ginástico, no centro do Rio.

Apesar de não ser iniciante no papel de produtora de teatro – esta é a segunda peça que ela produz -, Regiane nos contou que, desta vez, a missão não foi nada fácil. “Em tempos de crises, produzir é bem difícil, porque a arte acaba ficando em segundo lugar, o que é uma pena. Mas a gente inaugurou a sala do teatro novo do Morumbi Shopping. Isso é uma alegria imensa. Quando a gente tem a oportunidade de inaugurar uma sala de teatro, nesse momento, é uma felicidade incrível”, exaltou.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Já que agora, mais do que nunca, Regiane Alves entende de todas as etapas para tirar um espetáculo do papel no Brasil, o HT perguntou à atriz qual a visão dela sobre a lei Rouanet. E, para a atriz, a lei funciona, mas é necessário ficar de olho. “O problema é como ela está sendo colocada e a forma como está sendo usada. Se eu recebo dinheiro de empresa, eu tenho que justificar até o grampo que eu compro. Então, é uma pena ver que as pessoas estão usando esse dinheiro de recurso público de uma forma tão malfeita. Isso nos entristece, porque acaba afastando as empresas dos nossos projetos, que são os nossos sonhos. Eu acho que as pessoas têm de começar a prestar muita atenção e ver que isso é sério, porque o que nós temos é bom. O problema é a forma como está sendo feito”, opinou.

regiane alves 6

Para Regiane, a lei Rouanet funciona. O problema, segundo a atriz, é como ela está sendo usada (Foto: Reprodução)

Porém, engana-se quem pensa que esse momento é exclusivo do teatro na vida da atriz. Além de interpretar um texto de Maria Adelaide Amaral no teatro, Regiane Alves também irá fazer a próxima novela das 21h da Globo, “A Lei do Amor”, também de autoria da dramaturga. Mas, sobre esse papel, a atriz nos contou que ainda não sabe muitos detalhes. “Eu vou fazer a Bete, que será a mulher do prefeito da cidade, interpretado pelo Ricardo Tozzi. Eu estou esperando os capítulos ficarem prontos. Ainda não sei como será essa personagem. Mas já sei que vou entrar um pouco depois da estreia na trama”, adiantou Regiane.

E, breve, Regiane vai estrear na nova novela das 21h da Globo como Bete (Foto: Reprodução)

E, breve, Regiane vai estrear na nova novela das 21h da Globo como Bete (Foto: Reprodução)

Pesquisas relacionadas