Gente & Comportamento

Fábio Bibancos aborda um tema polêmico em sua coluna semanal aqui no site HT: A bichectomia. Vem entender!

Cirurgião-dentista especialista em Odontopediatria, Ortodontia e Mestre em Saúde Coletiva, Bibancos explica os pros e contras da cirurgia que caiu no gosto das celebridades e que tem como resultado deixar a face mais delgada. Mas será que vale a pena?

Publicado em 6 de outubro de 2016 | Por Junior de Paula

*Por Fábio Bibancos

Bichectomia, já ouviu falar? O procedimento tem sido cada vez mais procurado, devido à influência de diversas celebridades que já realizaram a cirurgia, como Angelina Jolie, Madonna, Jennifer Lopes, Kim Kardashian

Para quem nunca tinha ouvido falar em bichectomia, essa nova tendência nos consultórios odontológicos, tem em sua grande maioria, finalidade puramente estética: reduzir o volume da parte de baixo do rosto e afinar o queixo. Estima-se que a cirurgia pode ressaltar as maças do rosto e afiná-lo em até 70% na espessura, deixando a face com a aparência mais delgada (magra).

Leia também: A moda vintage da odontologia: As lentes de contato são facetas de cerâmica ultrafinas que solucionam algumas imperfeições de cor, forma e posição dos dentes

Leia também: Quatro razões para praticar o seu sorriso! Fábio Bibancos fala sobre como o hábito interfere no cotidiano

Mas como se obtém esse resultado? Através da remoção parcial ou total de duas bolsas de gorduras presentes uma em cada lado da boca, localizadas entre o maxilar e a mandíbula, chamadas de bolas de Bichat (o nome vem do objeto da cirurgia, a “bolsa de Bichat”, um tecido gorduroso localizado nas bochechas e que foi batizado em referência ao anatomista e fisiologista francês Marie François Xavier Bichat,1771-1802). Essas bolsas de gordura estão presentes no corpo de todas as pessoas, não importa se a pessoa está ou não acima do peso.

Leia também: Orthós, odóntos, Olympias… Fábio Bibancos explica tudo sobre os aparelhos ortodônticos e fala sobre um grande atleta

Leia também:  Fábio Bibancos é o dentista fundador da ONG Turma do Bem, que atende mais de 65 mil crianças carentes: “Beleza não é bobagem. Ter os dentes é um direito de todos” 

Essa cirurgia é controversa para alguns profissionais, pois essa região do rosto costuma perder gordura com o passar da idade e a retirada dessas bolsas de gordura pode acarretar em uma aparência mais envelhecida… é possível que uma pessoa magra que realiza a bichectomia, fique com um rosto mais afundado. Efeitos mais graves podem incluir enrugamento da pele do rosto, assimetria da face…

aj

Com a crescente popularidade da bichectomia, é importante que o paciente entenda diferentes questões do que o procedimento pode e não pode tratar, os riscos inerentes e outros fatores… Ter em mente que a cirurgia estética é apenas isso – um procedimento cirúrgico cujo resultado não pode ser simplesmente apagado depois de realizado.

Leia também: Brancorexia: cuidado com essa moda. Fábio Bibancos explica as precauções para se ter dentes brancos

Leia também: Em sua coluna semanal, Fábio Bibancos responde à pergunta: “Os dentes também têm visão Raio X como Superman?”

A gordura de Bichat é importante para a proteção de vasos e nervos que passam na região, mas principalmente para a sustentação da pele. Jovens que se submetem a este procedimento têm uma flacidez de pele muito pequena, então, com o passar dos anos, essa flacidez pode piorar, visto que se perde uma estrutura que é de sustentação da face.

jl-1

Ao considerar em realizar a bichectomia somente como procedimento estético, o paciente tem que ter em mente que beleza é uma questão pessoal e que durante os anos os padrões de beleza sempre mudam, por isso ela só vai funcionar se você estiver bem consigo mesmo.

E claro, o mais importante: consulte um profissional de saúde qualificado com experiência significativa.

*Nossa opinião sobre o assunto: desde que a pessoa deseje realizar o procedimento ela tem esse direito, mas nossa equipe é contra e não oferece a bichectomia. Eu não faria em mim…

Leia também: Em sua coluna semanal, Fábio Bibancos dá a dica certa para a pergunta: “Onde podemos encontrar um bom atendimento odontológico?”

Leia também: Em sua coluna semanal, Fábio Bibancos aborda um tema importante, mas que ainda é tabu: “dentadura, placa, chapa, prótese… e agora José?”

*Fábio Bibancos é cirurgião-dentista especialista em Odontopediatria, Ortodontia e Mestre em Saúde Coletiva, formado pela Universidade Estadual Paulista (Unesp). Com consultório em São Paulo e no Rio de Janeiro, Fábio é autor de “Um sorriso feliz para seu filho” (CLA Editora),  “A Guerra dos Mutans”, “Boca!” e “Sorrisos do Brasil”, além de já ter sido eleito Empreendedor Social 2006 pela Schwab Foundation (ligada ao Fórum Econômico Mundial de Davos) e integrante do Fellow Ashoka (uma rede de empreendedores sociais presente em 65 países). Além de assinar uma coluna semanal neste espaço, está à frente do projeto Turma do Bem, a maior rede de voluntariado especializado do mundo: o dentistas do bem.

Acompanhe aqui as postagens de Fábio Bibancos: https://www.facebook.com/institutobibancos/

Pesquisas relacionadas