Fotos

Sai Pedro Bial entra Tiago Leifert no comando da 17ª edição do Big Brother Brasil. Vem entender!

O apresentador que ficou à frente do reality show por 14 anos vai comandar um talk show nas madrugadas da Globo depois da aposentadoria de Jô Soares

Publicado em 22 de agosto de 2016 | Por Junior de Paula

Mudanças profundas no mundo dos apresentadores da TV Globo. Depois de 14 anos à frente do “Big Brother Brasil”, Pedro Bial não vai estar à frente da 17ª edição do reality show prevista para estrear em janeiro. Em seu lugar entra Tiago Leifert, que deixa a apresentação do “É de Casa”, já neste sábado, dia 27, de acordo com informações do jornal “O Globo”.

Tiago-Leifert-e-Pedro-Bial

O motivo da saída de Bial – quase um sinônimo do BBB – é que ele vai comandar um talk show na madrugada, no horário que Jô Soares vai deixar vago depois de se aposentar no fim do ano, que já está sendo produzido e idealizado e tem estreia prevista para abril de 2017. Mas antes de assumir a casa mais vigiada do Brasil, Leifert ainda tem outro compromisso para cumprir este ano: mais uma edição do “The Voice Brasil”, que estreia em outubro.

Pesquisas relacionadas

  • mariana

    Na verdade quem tem que sair do ar é o programa porque já perdeu a graça faz tempo.

  • Aureliano Junior

    Agora é que não assisto mais.

  • Jai Bezerra Massaut

    Espero que o progroma mude sua cara, ou seja, deixar de contemplar a mediocridade, a vulgaridade e até a pornografia (para ser educado). A família brasileira não aguenta mais tanta propaganda imoral e promiscuidade existente nos programas da Globo (e outras emissoras em menor escala). O “reality show” é uma propaganda sem fim da promiscuidade e decadência do ser humano; é onde jovens de aparente condições físicas e mentes saudáveis, aceitam se expor de forma estúpida e vulgar, em busca de fama e estrelato, algo que não condiz com a preservação da instituição família, hoje tão ultrajada, desmoralizada e destruída principalmente pelos meios de comunicação de massa.

  • Lindolfo Benedito de Assis

    DEMORÔ!