Arte & Literatura

Exclusivo! Uma conversa com Glória Coelho sobre universo quântico que a designer levou para sua parceria com a Dell Anno: “Essa placa cura, dá amor, protege e ilumina”

Assim como a marca de móveis planejados, Glória Coelho contou que a relação entre moda e arquitetura também está muito presente na sua vida. Ao HT, a estilista disse que, inclusive, seu primeiro desejo profissional foi se tornar arquiteta. "Eu pensei em cursar a faculdade. Só que a moda não deixou"

Publicado em 10 de agosto de 2016 | Por Julia Pimentel

Energia. Muito mais que uma incrível e maravilhosa superfície para móveis planejados, a estilista Glória Coelho produziu, com exclusividade para a Dell Anno, marca que desde 2009 conjuga moda e arquitetura, uma placa que transmite diversas mensagens positivas e que foi inspirada na arquitetura escandinava de John Pawson. De acordo com o diretor de marketing, desenvolvimento e pesquisa da Dell Anno, Edson Busin, para o trabalho executado, a designer foi além do resultado visual. “A superfície é uma releitura de madeira escandinava trabalhada com inspiração nos códigos binários. Dessa forma, os móveis transmitem para a casa do cliente uma mensagem de paz, energia e bem-estar, trazendo sempre boas vibrações para aquele ambiente”, esclareceu sobre a criação de Glória.

Leia também: Dell Anno apresenta moda, arte e cultura em semana dedicada ao design em São Paulo: “Muito importante para todo o segmento”, diz o diretor Edson Busin

Edson Busin, diretor da Dell Anno, e a estilista Glória Coelho (Foto: Divulgação)

Edson Busin, diretor da Dell Anno, e a estilista Glória Coelho (Foto: Divulgação)

Em entrevista ao site HT, a estilista explicou que essa superfície, que foi lançada ontem na feira High Design – Home & Office Expo, em São Paulo, possui números binários em tamanhos reduzidos para transmitir essas boas vibrações. “Na hora da concepção, eu pensei muito em como eu podia divulgar essa ideia. Então, como eu gosto de física quântica, fiz uma superfície que, realmente, tem um valor de proteger, curar, dar luz e amor. Nela, foi escrito: “Essa placa cura, dá amor, protege, ilumina e dá criatividade”. Tudo em números binários e, depois, diminuímos totalmente para que ficassem disfarçadas nos veios da madeira. Não da para perceber que são números binários, só chegando muito perto”, detalhou a estilista que recorreu a um site da internet para traduzir essas palavras para os algarismos 0 e 1.

Este slideshow necessita de JavaScript.

E não foi a primeira vez que Glória Coelho decidiu oferecer mais que superfícies ou roupas únicas e elegantes. Como nos contou, a estilista já havia passado pela experiência de números binários anteriormente. “A concepção foi fácil. porque eu já estava desenvolvendo essa ideia de energia positiva nas roupas. Eu acredito muito nisso. Imagina, por exemplo, uma cliente acordando triste ou com algum probleminha e lembrando que aquela placa que está presente no móvel dela proporciona amor, felicidade, ilumina e etc. Então, só com isso ela já fica feliz”, argumentou Glória que está com esse projeto há quatro anos.

Este slideshow necessita de JavaScript.

“Eu criei essa superfície, mas, antes eu já fazia na minha empresa roupas com números binários e palavras positivas, como cura, amor, luz, paz, felicidade. Há cerca de quatro anos venho desenvolvendo isso, porque os profissionais que trabalham comigo gostam tanto do que fazem e exercem com tanto amor que passa para a roupa. Então, as pessoas ficam felizes com as nossas roupas, porque elas trazem uma energia positiva”, completou.

Superfície em detalhe desenvolvida pela estilista Glória Coelho (Foto: Divulgação)

Superfície em detalhe desenvolvida pela estilista Glória Coelho (Foto: Divulgação)

Com uma mensagem tão bonita exposta de maneira tão discreta, Glória Coelho dividiu a alegria que teve ao ver sua obra sendo apresentada de maneira especial. A estilista relembrou que no pré-lançamento da superfície, a Dell Anno investiu tudo para que a mensagem de Glória fosse transmitida e compreendida por todos. “Eu fui ao pré-lançamento da placa e eu fiquei muito emocionada. Eles fizeram uma apresentação virtual com apenas uma placa na mesa mostrando de maneira digital o que estava escrito. Depois, apresentaram um vídeo explicativo e muito poético sobre a minha superfície. E, hoje em dia, a física quântica está muito presente nessa era digital. Não seria possível pegar todas as ondas para criar o computador, por exemplo, se essa teoria não fosse aplicada na prática. Então, essa é a mensagem da gente: o que você pensa, cria o seu futura. Por isso, é preciso pensar direito”, refletiu.

Além de conseguir transmitir toda essa energia para a casa das pessoas, Glória fez um belíssimo trabalho para acrescentar aos já incríveis móveis planejados da Dell Anno. E engana-se quem pensa que essa relação da estilista com a casa e a arquitetura é recente. Ao HT, Glória confidenciou que seu desejo inicial era seguir a carreira de arquiteta. “Eu pensava em cursar a faculdade. Só que a moda não deixou. Mas, além dessa superfície que eu desenvolvi para a Dell Anno eu também acabei de assinar os ambientes de um hotel na Zona Sul do Rio, o Best Western Premier Arpoador – Fashion Hotel por Glória Coelho. Neste projeto, eu desenhei os espaços internos inteiros do hotel e o resultado ficou muito bom”, disse. De fato, uma artista multitalentosa.

Glória Coelho (Foto: Reprodução)

Glória Coelho (Foto: Reprodução)

Mas, já que é na moda que Glória Coelho continua brilhando ainda com mais força, o site HT buscou saber o que pensa a estilista sobre o atual cenário e momento do mundo fashion. Em relação a esse tema, Glória disse que a disponibilidade imediata das peças após um desfile, por exemplo, é uma situação complexa para artistas que produzem a coleção em pequena escala. “Sobre o processo de mercado em que, ao fim do desfile a pessoa já quer ter aquela peça pronta, é necessário uma organização muito grande e uma estrutura muito sistemática. Eu acho que a maioria dos estilistas do planeta não estão preparados para isso, a não ser quem trabalha com pronta-entrega. Mas, na minha opinião, de modo geral, isso não está concluído e não se sabe ainda como fazer direito. Então, é algo que a gente precisa observar e ver como vai evoluir”, analisou a estilista Glória Coelho.

Pesquisas relacionadas